03 set

Cibersegurança para saúde

A defesa em camadas é a chave para uma estratégia de segurança cibernética
bem-sucedida em saúde, que começa com o gerenciamento de endpoint. O número
de dispositivos conectados à Internet (IoT) está explodindo. Em um ambiente de
saúde, esses dispositivos “terminais” não apenas fornecem novas oportunidades
significativas para melhorar o atendimento ao paciente, mas também apresentam
sérios riscos de aumento das superfícies de ataque para hackers. Da mesma forma
que a superfície da pele lesionada de um paciente pode ser um caminho para uma
infecção grave no corpo, um dispositivo de endpoint desprotegido apresenta um
ponto de entrada de alto potencial para um ataque cibernético.
Da mesma forma que um paciente pode ser protegido por várias camadas de
cuidados preventivos (boa higiene, anti-sépticos, curativos estéreis e suporte do
sistema imunológico), qualquer dispositivo conectado a uma rede de saúde deve
ser protegido por várias camadas de segurança de TI (bom processo design,
controle de acesso / registro, antivírus, lista de permissões de aplicativos, controle
de versão e análise inteligente de ameaças).
O Endpoint Management é, portanto, um componente-chave de uma estratégia de
segurança cibernética bem-sucedida na área de saúde. As mesmas práticas e
tecnologias que se aplicam às redes centrais do sistema de saúde também devem
ser aplicadas aos terminais.Corretor hapvida plano de saude joao pessoa